Renúncia do príncipe Dom Pedro de Alcântara, no exílio em 1908, foi ineficaz por várias razões

A renúncia de Dom Pedro de Alcântara sempre foi ineficaz em face do direito brasileiro. Mesmo na Carta de 1824, já havia uma série de requisitos de validade dos atos da Família Imperial, no que diz respeito às convalidações e autorizações do Parlamento. Eram sujeitos de direito público, além do direito privado. Continuar lendo Renúncia do príncipe Dom Pedro de Alcântara, no exílio em 1908, foi ineficaz por várias razões

Repúblicas serão controladas ora pelo poder do capital, ora pela psicologia de massas, ora pela força das armas

Por Liam Bourn / Follow @LiamBourn on Twitter and Gettr As repúblicas, para qualquer mente privada de vícios da modernidade acadêmica, já se provaram durante o curso da Contemporaneidade, pelos seus líderes e frutos que proporcionaram à humanidade, que foram … Continuar lendo Repúblicas serão controladas ora pelo poder do capital, ora pela psicologia de massas, ora pela força das armas

Entre tradições e mudanças, príncipes e nobres ainda vivem entre nós

Em seus postulados, encontramos presente, uma nota essencial do espírito cristão: a perfeita adequação à sensibilidade alheia. Um verdadeiro cristão deve se preocupar sempre com a repercussão que seus atos podem ter junto ao próximo. Continuar lendo Entre tradições e mudanças, príncipes e nobres ainda vivem entre nós