Renúncia do príncipe Dom Pedro de Alcântara, no exílio em 1908, foi ineficaz por várias razões

A renúncia de Dom Pedro de Alcântara sempre foi ineficaz em face do direito brasileiro. Mesmo na Carta de 1824, já havia uma série de requisitos de validade dos atos da Família Imperial, no que diz respeito às convalidações e autorizações do Parlamento. Eram sujeitos de direito público, além do direito privado. Continuar lendo Renúncia do príncipe Dom Pedro de Alcântara, no exílio em 1908, foi ineficaz por várias razões

Um país sem estadistas é um país sem futuro

Negligenciando durante décadas a necessidade de se planejar como Estado, o Brasil de hoje se vê sem saída para o desenvolvimento sustentável e o aumento da produtividade, com resultados maléficos ao bem-estar e ao futuro da nação. O jeito correto de se cuidar das coisas da polis (de se fazer política) precisa voltar a motivar os ditames de nossos representantes na Capital Federal. Disso, o que não falta são benfazejos exemplos, concentrados, talvez não por acaso, em nosso perído imperial. Derivamos de raças de homens que se superaram para sobreviver. Seja pelas agruras da vida silvícola, seja pelo sofrimento atroz … Continuar lendo Um país sem estadistas é um país sem futuro

Semana Santa: maior país católico do mundo?

Quantos dias de consagração e reflexão foram perdidos no Brasil em prol do hedonismo. Foi repostado há pouco tempo um texto que informa os dias e ritos da Semana Santa. A postagem acaba tendo efeito informativo, pois muitos brasileiros crescem hoje em dia sem estas noções em meio ao ateísmo ou outras matrizes religiosas, até mesmo pelos costumes protestantes (que tendem a ignorar as festas da Igreja Católica no que tange à performance litúrgica). Na Igreja protestante a Semana Santa tende a ser um período de mais cultos e pregações, muito boas e instrutivas, mas nada muito focado na data, … Continuar lendo Semana Santa: maior país católico do mundo?

Banda Sagrada – a força militar do Príncipe Fanariota Alexander Ypsilantis para a Independência grega

A Banda Sagrada, formada em 1821 com característica de Força Militar, visava contribuir na Guerra da Independência grega. Localizada na Valáquia, tinha como pessoas-chave o príncipe Alexander Ypsilantis (fundador/líder), Georgios Kantakouzenos Nikolaos, Athanasios Ypsilantis e Tsakalov. As famílias Ypsilantis e Kantakouzenos Nikolaos eram célebres famílias fanariotas. Continuar lendo Banda Sagrada – a força militar do Príncipe Fanariota Alexander Ypsilantis para a Independência grega