Conheça o sultanato de Ujiji, na Tanzânia

Ujiji é um sultanato que fica na atual República da Tanzânia.

O Sultão

Com a ajuda de Deus, Ujiji é governado por Sua Majestade Kolo Othman Hamza Malilo II Kizoela Mwene Mbonwe, Mwene Busong’a, Sultão de Mwene Mbonwean, Sultanato de Ujiji e enclaves Manyema.

O Sultão também carrega os seguintes títulos: Servo de Deus, Guardião dos códigos Ngwana, O Sultão Manyema, O Grão-Mestre da Mais Estimada Ordem Real de Kisanu Dhow, Kilung’a (O unificador), Tata (O pai),  Mwene Kibalo (O cidadão), Mwene Mu’a (O chefe da cidade), Kilang’a (O Professor), Mwene Kolo (Sua Majestade, o Sultão), Swahibul Maqam (O espiritual islâmico) e Grão-Mestre.

Othman Hamza Malilo

Othman Hamza Malilo foi coroado com o restabelecimento do sultanato em 2017, recebendo o turbante, sinal da autoridade, aos 25 anos de idade em uma cerimônia na presença de seus tios, dos chefes dos clãs e anciãos. Othman Hamza Malilo casou-se em 2020 e cumpre suas tradições e cultura sendo um exemplo a seu povo. Sua autoridade não é aplicada no meio político, mas sim nos âmbitos tradicional e religioso, sendo o sultão a autoridade religiosa.

Brasão de Sua Majestade. Seu lema, que está no idioma Suaíli, diz em português: “Deus ajude o sultão e abençoe a pátria”.

Alguns de seus deveres e responsabilidades são as orações e o ensino nas mesquitas e demais práticas religiosas de seu cargo. Entre seus deveres como governante tradicional estão a mediação de conflitos entre seus súditos, a mediação entre sua população e o poder público em busca de melhorias locais, a promoção e desenvolvimento do sultanato com a busca de incentivos, a promoção e divulgação do sultanato em meio nacional e internacional para tratados e parcerias com entidades, organizações e instituições tendo em vista o desenvolvimento local.

Estar à frente de atividades culturais  e condecorar aqueles que prestam serviços ao sultanato também está entre suas atribuições.

Academia Manyema

Estando à frente de um sultanato em uma cidade com cerca de 200 mil habitantes, o sultão é um homem que busca estar informado e atualizado em relação ao mundo, sem contudo perder suas raízes.

Além dos idiomas locais, principalmente o Swahili, Sua Majestade também é fluente em árabe e inglês, sendo o presidente da Academia Manyema (ou Academia Swahili Kimanyema), uma fundação educacional e cultural mantida pelo Sultanato.

O objetivo da fundação é preservar, ensinar, promover, coordenar e administrar uma educação derivada do patrimônio e cultura locais, em consonância com uma implementação dos objetivos culturais do Sultanato para os interesses futuros, oferecendo cursos e estudos acadêmicos em  Botânica, Medicina tradicional,  História, Idiomas, Geografia e Artes.

A Academia Manyema possui sua própria editora.

Perfil do Sultão no Facebook: clique aqui.

Esse texto foi escrito com o apoio dos delegados do Sultanato de Ujiji no Brasil, Eurico Cesar, Mauro dos Santos Viana e Yauri Gil de Lima.

Comendador Davi Valukas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s