A velha mídia mente

No tema da reforma ministerial, aparentemente os nomes de Alcolumbre (DEM) e Barros (PP) vem sendo noticiados pela velha mídia, apenas para desgastar o apoio nas redes sociais ao Presidente.

A despeito da empáfia com que noticiam suas especulações, fonte próxima ao Palácio do Planalto nos informou que a reforma ministerial a ser realizada no governo federal pelo Presidente Jair Bolsonaro (sem partido), não contará com Davi Alcolumbre ou Ricardo Barros.

Fomos informados que o general Pazuello fica. Ramos também – apesar de todo o mal-estar que sua presença causa na base conservadora – e o Ministério da Cidadania, hoje com Onyx Lorenzoni, ficará com o Republicanos, na pessoa de Marcos Pereira, presidente nacional da legenda, ou algum nome mais conveniente ao partido, em contrapartida pelo apoio da legenda a Arthur Lira (PP), na eleição da Câmara dos Deputados.

Foto: Marcelo Camargo. Agência Brasil.

Permitida a reprodução desde que citada a fonte Via Tribuna de Santa Cruz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s