O Grande Reset

[Cultura & Variedades – Reflexão]

Ao ouvirmos ou lermos esta expressão, a primeira coisa que nos vem à mente é toda essa apreensão a respeito do “novo normal”, e todos os planos que, outrora eram classificados como “teorias da conspiração”, hoje descortinam-se como uma realidade distópica bem diante de nossos olhos.

De fato, estamos prestes a passar por um Grande Reset. Ou eu deveria dizer Dois Grandes Resets?

Sim, meus caros! Estamos tão apreensivos com o tipo de futuro que nos aguarda nos próximos anos desta década que chegou pesada, como um navio de guerra que aporta devastando tudo em seu caminho, trazendo consigo o mar revolto engolindo tudo e todos por onde passa; que provavelmente nos esquecemos de que a História não acaba neste capítulo!

A bem da verdade, estamos no ápice da trama, os momentos mais densos e dramáticos que precedem o desfecho e o arremate final! Sim! Aqueles momentos em que quando tudo parece estar se acertando, acontece algo e todos os bons momentos se transformam, subitamente, em dor, lágrimas, trevas e tristeza. Mas nem só de dramas vive a Humanidade!

Neste post de estréia da minha coluna, quero convidá-los a pularem algumas páginas deste capítulo tenebroso, e dar uma espiadinha no Capítulo Final: O Grande Reset.

Antes de darmos um spoiler gigantesco, gostaria apenas de refletir sobre este termo: Reset. Quando se fala em reset – que tal aportuguesarmos um pouquinho? – ou resetar alguma coisa, geralmente refere-se a algum tipo de sistema de dispositivo tecnológico, que necessita de uma reconfiguração, ou de uma restauração à configuração original. Dito isto, vamos colocar de lado a primeira opção e vamos focar na segunda opção de reset, porque este sim, será o desfecho da nossa História. E que História, meus queridos! Que História!!!

Esta História pode ser lida no melhor best seller de todos os tempos: A Bíblia. E pelo seu capítulo inicial, podemos ter uma vaga noção de quão magistral será o fim desta História, que atravessou gerações, comoveu povos, desafiou reinos, permaneceu, permanece e permanecerá para sempre: A Salvação por intermédio do Filho de Deus – Yahushua HaMashiach, Jesus Cristo.

Agora, pensem comigo: se olhamos à nossa volta, e conseguimos perceber o quão magnífica é a Criação, mesmo com todas as mazelas causadas pelo ser humano e sua desobediência ao Criador, imagine como era nos Primórdios do Tempo, quando a Morte ainda não tinha nos cercado? Se o que vemos agora é belo e bom, imagine quando for restaurado à perfeição planejada originalmente!

O Reset que nos aguarda nos próximos anos, não passa de uma varredura, para identificar as ameaças que nos rondam, e preparar a Terra para o verdadeiro Grande Reset. E o livro de Apocalipse nos dá um ligeiro vislumbre de como esplendoroso será esse Grande Reset! Portanto, meus queridos leitores, não precisamos nos assustar ou temer o que está por vir. A nossa História tem um fascinante Final Feliz! Mas somente para aqueles que crêem e conseguem enxergar além. Eu consigo! E você?

Eu sou Clara Borges de Medeiros, e esta é a Coluna de Cultura e Variedades da Tribuna da Terra de Santa Cruz. Espero que apreciem a leitura, e nos vemos na próxima semana!

Um comentário sobre “O Grande Reset

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s